Oferta por tempo limitado!
Pensamento Clínico

Pensamento Clínico

Baseado em 16 avaliações
Clínica Psicanalítica
  • 1 hora de carga horária
  • 707 alunos
  • 1 aula
  • 1 módulo de conteúdo
  • Última atualização 23/10/2023
  • Certificado de conclusão de curso
  • 1 arquivo para download
Comprar agora
Adicionar cupom de desconto?

Sobre o Curso

Aula em vídeo de 1h45m. Acompanha roteiro de aula.

Assista em seu computador, Tablet ou Smartphone, onde e quando quiser. 

 PENSAMENTO CLÍNICO  - AULA BASEADA NO LIVRO “DIÁLOGOS SOBRE A CLÍNICA PSICANALÍTICA”, DE MARION MINERBO

PENSAMENTO CLÍNICO

A autora discute nos capítulos anteriores ao utilizado nessa aula ideias de transferência (a criança-no-adulto = cicatriz viva da personalidade), da escuta psicanalítica (sua evolução e suas particularidades), e os diferentes tipos de sofrimento encontrados na clínica (sofrimento narcísico ou não-neurótico e sofrimento neurótico). Mas como articular todas essas ideias/conceitos no trabalho clínico cotidiano? Através de um pensamento clínico. É ele que faz essa amarração.

O que é um pensamento clínico? É um pensamento sensibilizado pela teoria e que vai dar uma certa inteligibilidade aos dados clínicos (p. 107-108). Uma forma “original e específica de racionalidade que emerge da experiência prática” (Green, 2002), que articula história de vida, história da doença, do tratamento, compreensão das relações entre passado e presente (em nível intrapsíquico e intersubjetivo), à luz dos conceitos psicanalíticos e da relação transferencial.  
É um pensamento que busca compreender a criança-no-adulto e seus objetos primários (os “enroscos” entre eles), em seus diversos aspectos.

1) Tem como ponto de partida as manifestações transferenciais do traumático nas relações atuais do paciente. 

O pensamento clínico começa com perguntas como:

- que função têm os relatos do paciente? O que o paciente tenta me comunicar?        
- por que razão esse paciente não consegue pensar, integrar, sentir, expressar, etc.?  
- o que, na história de sua relação com o objeto primário, teria impedido tudo isso?

2) a compreensão dos objetos primários exige/necessita de uma escuta imaginativa, que dê figurabilidade aos “enroscos” da criança-no-adulto que se apresenta na transferência.

3) escutar rigorosamente o que o paciente está dizendo; não fazer conjecturas apressadas, nem forçar nossas teorias prediletas sobre o conteúdo do paciente (p. 111) 

4) o pensamento clínico deve ser capaz de articular processos intrapsíquicos e intersubjetivos

5) Escutar analiticamente = entender que o relato não é uma descrição objetiva da realidade, mas uma criação psíquica em cima de algo que de fato existe (um criado-achado – Winnicott) = SAIR DO PLANO DA REALIDADE EXTERNA E PASSAR AO PLANO DA REALIDADE PSÍQUICA à material inconsciente transferido/deslocado para representações = reconhecimento da transferência intrapsíquica

6) Transferência intersubjetiva: básica (típica de relações assimétricas) e específica (repetição do não simbolizado da história da criança com seu objeto primário).

7) Tarefa do analista: PENSAMENTO CLÍNICO = ENROSCO ou “sintoma” + TRANSFERÊNCIAS + CONTRATRANSFERÊNCIA è (re)construir um pedaço da história emocional de uma criança, que ficou capturada na dinâmica ligada ao ics parental = alívio para o sofrimento psíquico

8) Dimensão “agida” na transferência

Roussillon = O ICS É O NEGATIVO DA PRÓPRIA HISTÓRIA EM ATO. (Negativo / Negativado = subtraído da subjetividade via recalque ou clivagem). As defesas entraram em cena quando a comunicação primitiva fracassou e a criança “perdeu” o vínculo com seu objeto.

- Não é rememorada (representada), mas repetida (presentificada) em ato.

Papel do analista = SER ESPELHO DO NEGATIVO (Roussillon): ser portador daquilo que o paciente repudia de si.

9) Como comunicar um pensamento clínico? 

10) REDESCOBRIR AS TEORIAS A PARTIR DA CLÍNICA.

11) Tudo, mesmo a fala mais evacuatória, contém uma mensagem que “degenerou” por falta de resposta adequada. è revitalização dos processos de simbolização

Bibliografia

Diálogos sobre a clínica psicanalítica

Público alvo

Psicólogos.

Sobre o certificado

Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretárias Estaduais de Edução autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal. É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme citado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

1 ano

Sem tempo para fazer o curso agora?

Fique tranquilo, você poderá participar desse curso em até 1 ano após a matrícula.

Conteúdo

1Pensamento Clínico

  • Pensamento Clínico

    01:45:45

Professores

Mariana Vieira Ligo

Psicóloga Clínica (UNESP-Bauru); Especializada em Psicoterapia Psicanalítica (USP–São Paulo); Docente do Instituto Brasileiro de Psicanálise e da Faculdade Anhanguera de Bauru

Acesso por 1 ano

Estude quando e onde quiser

Materiais para download

Avaliações

Opinião dos alunos que se matricularam
5.0

16 avaliações

Excelente aula! Traz contribuições muito importantes sobre o trabalho do psicanalista nos dias atuais. Conteúdo muito rico.

Danilo de Paiva Negrão

Muito bom

Marcus Vinicius Falcão Lima

Marcus Vinicius Falcão Lima

Adorei o curso, porém necessitarei de mais estudos sobre o tema!

Gisele Fermino Demarque Jeronymo

Gisele Fermino Demarque Jeronymo

excelente curso

ROBERTA RODRIGUES MOREIRA ALMEIDA

Obrigada pela excelente aula!

Juliane Caeran

Excelente aula, deu uma luz para seguir na prática do pensamento analítico durante as sessões com pacientes

Juciene Silva de Jesus

Excelente aula

João Ricardo Ribeiro

Bom

Tatiana Wippel

Tatiana Wippel

Muito bom! Bastante didático e de forma muito tranquila. Parabéns !

Maria das Graças Ferreira Lima Freitas

Você pode ampliar seu conhecimento

Assine um plano e tenha acesso a este e outros cursos. Aprenda muito mais.

Assinatura Anual - Acesso ilimitado

  • 172 cursos inclusos
  • Acesso imediato e válido por 1 ano

Assinatura Mensal - Acesso ilimitado.

  • 172 cursos inclusos
  • Acesso imediato e válido por 1 mês

Assinatura Trimestral - Acesso ilimitado

  • 172 cursos inclusos
  • Acesso imediato e válido por 3 meses

Assinatura Semestral - Acesso ilimitado

  • 172 cursos inclusos
  • Acesso imediato e válido por 6 meses

Assinatura Mensal - Acesso ilimitado (BOLETO OU PIX )

  • 172 cursos inclusos
  • Acesso imediato e válido por 1 mês

Assinatura Anual por BOLETO OU PIX - Acesso ilimitado

  • 172 cursos inclusos
  • Acesso imediato e válido por 1 ano
Pensamento Clínico

  • 1 hora de carga horária
  • 707 alunos
  • 1 aula
  • 1 módulo de conteúdo
  • Última atualização 23/10/2023
  • Certificado de conclusão de curso
  • 1 arquivo para download

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Política de Privacidade